Dia mundial do veganismo | O que é ser vegano

Dia mundial do veganismo | O que é ser vegano

Hoje é dia mundial do veganismo! A data celebra, em todo o mundo a consciência vegana. A data foi celebrada pela primeira vez em 1994 com Louise Wallis, presidente da Vegan Society, para comemorar os 50 anos da Sociedade Vegana do Reino Unido. Depois disso a data se espalho e ganhou força em todo mundo <3

Para quem não sabe, o veganismo não se limita ao seu prato: são hábitos diários e o não consumo de nada de origem animal, em roupas, cosméticos e afins, além do respeito com todos os seres e o amor incondicional aos mesmos.

Chamamos alguns clientes veganos para falar um pouco sobre o que é o veganismo para eles:

##

Veganismo para mim significa a humanidade viver com base no princípio da igualdade entre todos os animais, sejam humanos ou não humanos. O veganismo se baseia na crença de que a vida de todos os animais têm o mesmo valor intrínseco, de forma que a vida humana não é superior às outras vidas animais, e que os animais têm o seu próprio propósito de vida, que não é servir aos homens. Como consequência desse princípio, os humanos têm a obrigação ética de respeitar toda vida animal e não têm o direito de usar, maltratar ou tirar a vida de outros animais, ainda que acredite que determinado uso não cause sofrimento. Ser vegano é reconhecer a limitação humana em saber como o outro sente e, por isso, ter a empatia de se imaginar no lugar do outro como se si próprio fosse e tratá-lo com compaixão. Na prática, ser vegano significa viver sem usar, explorar, oprimir, ferir ou matar animais, seja para alimentação, experimentação científica, vestuário, trabalho, comércio, educação, esporte, entretenimento, prazer, religião, caça ou qualquer outra finalidade. No coração, ser vegano é sentir a leveza de ser parte da natureza; é sentir o prazer de se alimentar do que vem da terra; é sentir um amor incondicional, transcendental pela vida. Ser vegano é sonhar todos os dias com que, um dia, todos os animais humanos experimentem essas mesmas sensações e que todos os animais não humanos possam viver livres suas vidas.

Natália Moraes Rocha, @verygoodvegan 

##

Hoje, 1 de novembro, é mundialmente conhecido como o Dia do Veganismo, e de alguma forma vejo o dia de hoje realmente como uma celebração quando penso o quão esse movimento é transformador. Essa escolha traz por você, para todos e por tudo o que está a sua volta a lucidez do mundo como ele é, assim como o desejo de transformar e se doar para que as coisas melhorem dia a dia. Sendo muito sincero, hoje eu tenho uma vida muito diferente da que eu tinha antes, o que é natural pois tudo muda, mas claramente o fato de ser vegano me fez passar a ver de uma forma diferente o que está a minha volta. Acho que ao longo da vida a gente tenta se convencer o tempo todo de que o que fazemos é o melhor para a gente em cada ciclo que vivemos, mas talvez a gente não entenda que somos o todo, e que se ele não vai bem a gente também não. Escolhi esse caminho pois precisava lavar as minhas mãos e com elas abrir meus olhos por um mundo de amor, onde eu sou peça essencial de transformação para o momento presente e o lugar que me fui destinado a estar. Eu sou o Giuseppe e gosto que me chamam de Peppe, sou filho do caminho, eterno peregrino e finalmente me sinto em casa. Veganismo por mim, por ele, por ela, por todos os seres e pelo planeta, o que no final acaba sendo por um, pois somos um. Gratidão <3

Peppe Ventura, @visaoperegrina

##

Veganismo é respeito, amor, compaixão. Somos todos natureza e essência, vindos de um mesmo lugar. Estilo de vida que transcede desejos, vontades e gostos. É respeito aos nossos semelhantes e uma vontade de que todos possam ser livres, felizes e unidos. Dia de luz e verdade, saudando todos aqueles que acreditam, junto comigo, que nascemos para cuidar uns dos outros e viver na vibração do amor, na forma mais pura e simples.

Priscilla Saldanha, @conscienciaperegrina

 

 

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*